Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Tocando agora: Carregando...

MUSEU DE CATAS ALTAS COMPLETA 20 ANOS

Compartilhe:
Museu

Neste dia 24/09, o MUSEU E ARQUIVO HISTÓRICO DE CATAS ALTAS DA NORUEGA – MEMORIAL PADRE LUIZ GONZAGA PINHEIRO completa 20 anos de fundação. Sua história começou em abril de 1999 com a criação de uma comissão de instalação. A inauguração aconteceu no dia 24 de setembro daquele ano com a presença de diversas autoridades, dentre elas, os benfeitores Deputado Estadual José Milton e sua esposa Dra. Selma Rocha; o Deputado Federal Eliseu Rezende; o Secretário de Estado da Cultura, Ângelo Oswaldo; o Presidente do IEPHA, Flávio Carsalade; o pároco Padre José Eudes Campos do Nascimento (Dom Eudes, Bispo de São João Del Rey); os coordenadores da Comissão do Museu, Vereador Giovane Luiz Lobo Neiva e Maria da Conceição Rezende Costa; a Prefeita Maria de Lourdes; os museólogos Antonio Perdigão e Marco Antonio Gomes, prefeitos, vereadores, ex-prefeitos, ex-vereadores, populares e familiares do Padre Luiz Gonzaga Pinheiro. Um dia memorável e histórico.

O principal objetivo é a preservação da memória do Padre Luiz Gonzaga Pinheiro. Este religioso passou 46 anos de sua vida religiosa em Catas Altas da Noruega. Além dos deveres sacerdotais, seu trabalho social foi significativo no desenvolvimento do município. O Museu guarda também a história da cidade, com destaque para a história da imagem de Nossa Senhora das Graças; objetos e documentos de famílias catasaltenses, seu dia a dia e também de personalidades ilustres como do poeta Rodrigo Bretas de Andrade, pai de Rodrigo Mello Franco; do Senador Levindo Coelho, primeiro Secretário de Educação e Saúde de Minas Gerais e pai do Governador Ozanam Coelho; do Senador Francisco Ferreira Alves, um dos líderes do movimento republicano mineiro; do Deputado Bernardino de Sena Figueiredo, criador do TCE/MG e IPSEMG.

Atividades Desenvolvidas

O Museu tem como atividades gratuitas a realização de exposições, visitas orientadas e projetos educativos. A promoção da cultura, resgate histórico e defesa do patrimônio histórico-cultural estão entre as finalidades da instituição. O Museu mantém cooperação com órgãos e entidades culturais entre eles a Prefeitura Municipal, Escola Estadual e Paróquia.

Além do funcionamento diário, vários projetos e ações envolvem a comunidade local. Entre os projetos desenvolvidos destacam: “A Escola vai ao Museu”; a Semana de Museus e a Semana “Pe. Luiz”. A exposição permanente engloba três alas: Memória Política, Sacra e do Cotidiano. As exposições temporárias e itinerantes fazem parte da programação anual da entidade tais como: Exposição “Patrimônio Procura Imagens Furtadas”; Exposição de Telas Artísticas (Artistas catasaltenses); Visita 10 anos sem Pe. Luiz; Exposição “Álbum de Casamento”; Exposição do Artista Plástico Hudson de Souza; Exposição de Oratórios; Exposição Carlos Drummond de Andrade – “Hoje tem festa no meio do caminho”; Exposição Projeto Memória – Fundação Banco do Brasil “JK cem anos” e exposição “O Natal na poesia brasileira”

 No seu dia-a-dia, o Museu exerce também atividades no desenvolvimento e execução de projetos voltados para a promoção e preservação de bens culturais, dentre eles estão:

- Projeto “Restauração dos Forros da Igreja Matriz de São Gonçalo do Amarante” I e II – FEC

- Projeto Recuperação da Obra “Compromisso da Irmandade de Nossa Senhora do Rozario” – FEC

- Projeto Modernização do Museu de Catas Altas da Noruega – Petrobrás Cultural

- Feira de Ciências e Cultura de Catas Altas da Noruega – FENACEB

- Projeto “Restauração do Altar de Santana da Igreja Matriz São Gonçalo do Amarante – FEC

- Projeto “Recuperação do Museu de Catas Altas da Noruega” – FEC

- Implantação da Biblioteca Pública “Maria da Conceição Neiva” – Ministério da Cultura

- Manifestação de interesse junto ao Ministério das Comunicações para abertura do canal de rádio e implantação da Rádio Noruega – Ministério das Comunicações

Atualmente o Museu executa o Projeto “Recuperação do Museu de Catas Altas da Noruega”, aprovado no FEC, com a elaboração de projetos de restauração de sua sede, abrangendo Projeto Executivo de Restauração e de Adequação de Acessibilidade, bem como Projetos Complementares (Paisagismo, Estrutural, Drenagem Pluvial, Instalações Hidro Sanitárias, Luminotécnico, Instalações Elétricas, Cabeamento Estruturado, SPDA, Prevenção e Combate a Incêndio, Alarme), além da execução de instalações de alarme, de segurança; de sistema de proteção e combate a incêndio e pânico e revisão emergencial das instalações elétricas.

Assim preservamos nossa história. Preservamos nossa memória.

Giovane Neiva

Para saber mais sobre o Museu de Catas Altas – Clique aqui

Deixe seu comentário:

Curta no Facebook