Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Tocando agora: Carregando...

PRIMEIRA NOITE DO ROCK IN RIO TEM HOMENAGENS A CÁSSIA ELLER

Compartilhe:
rock in rio

Rio – Noite de abertura de Rock In Rio é assim: de modo geral, basta emocionar. E até que as emoções não foram baratas. A festa de trinta anos do festival, que abriu o Palco Mundo, saiu honesta, misturando MPB, rock e axé. Ivete Sangalo, Dinho Ouro Preto (Capital Inicial), Ivan Lins, Erasmo Carlos, Ney Matogrosso, Evandro Mesquita (chutando bolas gigantes para a plateia, como no icônico show do festival de 1985) e outros nomes reuniram sucessos que marcaram época no evento.

Para Erasmo Carlos, particularmente, a noite foi de volta por cima. Apresentado por Samuel Rosa (Skank) como “inventor do rock brasileiro“, cantou ‘É Proibido Fumar’ e disse que “esse era o Rock In Rio que eu queria ter visto em 1985″, ano no qual foi vaiado ao abrir a noite de heavy metal, numa má escolha da produção.

Na sequência, a homenagem à Cassia Eller, no Palco Sunset, veio no mesmo clima honesto e bem produzido – e realmente esfregou hits da cantora na cara do público. Mart’Nália e ZéliaDuncan iniciaram o show com ‘Brasil’, de Cazuza, que foi gravada por ela, e deram início à sequência de sucessos, trazendo ‘Malandragem, ‘O Segundo Sol’, ‘Partido Alto’, ‘Vai Morar Com O Diabo’ e outras músicas gravadas por ela, nas vozes de Arnaldo Antunes, Filipe Catto, Julia Vargas e até de Tacy de Campos, que interpretou Cássia em ‘Cássia Eller – O Musical’. No final, em ‘Smells Like Teen Spirit’, do Nirvana, Lan Lan, Mart’Nalia e Zelia Duncan imitaram Cássia na edição 3 do festival, e mostraram os seuis. Encerrando, Nando Reis, obviamente, levou lágrimas aos olhos de muitos com a homenagem de ‘All Star’, cantada com o coral do público.rock in rio

Deixe seu comentário:

Curta no Facebook